sexta-feira, 20 de junho de 2008

Mais democratas: Jorge Bornhausen

Para que não se esqueça a origem do partido Democratas (ou PFL, ou ARENA) na Ditadura Militar do Brasil, vale uma olhada em alguns acontecimentos históricos. Um deles é a Novembrada. Um de seus gloriosos protagonistas é Jorge Bornhausen, um dos nomes do partido.

Saiba mais

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Democratas: O mesmo antigo PFL

O PFL, Partido da Frente Liberal, trocou, em 2007, seu nome para Democratas, sigla DEM, esperando com isso apagar a má imagem de seu passado – sua verdadeira origem. A tira abaixo reflete bem a impressão que causa a mudança:

PFL para Democratas, em tirinha do malvados.com.br. Transcrição: Malvado 1: O PFL ficou lindo depois da cirurgia. Foi como vestir um gorila com uma roupa de balé. Malvado 2: Apagou o passado, mudou de nome e de rosto... coisa de gente que não deve nada. Malvado 1: Me sinto um m***alhão de morar neste país. Malvado 2: Ego inflado de novo, seu m***inha?

Clique na imagem para ampliar

Partido de ampla participação no nordeste brasileiro e que tem sua origem na ARENA, partido ligado à ditadura militar, teve como um de seus maiores nomes o baiano Antônio Carlos Magalhães, que renunciou ao mandato de senador em 2001 para evitar a cassação. Hoje o democratas conta com nomes como o prefeito de São Paulo, o polêmico Gilberto Kassab.

Outro nome do partido, esse sem grandes destaques, é o de Antônio Carlos Magalhães Júnior, também conhecido como ACM Neto. Ele, por ser suplente do avô ACM, assumiu a vaga de senador. Ele até pouco tempo atrás cuidava de algumas afiliadas da Rede Globo sob controle da família Magalhães, na Bahia.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Vale uma visita

Vale uma visita o site Plano Geral, de Marcos Rocha. O site é simples, mas vale pela análise do conteúdo: há desde denúncias a contratos de licitação a críticas a Pedro Bial e seu programinha de 'realidade' televisionada.