Gabinete do ex-presidente Fernando Collor

A informação a seguir é do blogdoterceiro.com:

“Ex-presidentes têm direito a seis assessores e dois carros com motoristas à disposição pelo resto da vida”

Collor e o super gabinete[1]

Usando a prerrogativa de ex-presidente da República, o senador eleito Fernando Collor de Mello (PRTB-AL) garantiu um gabinete melhor do que o destinado originalmente para ele pelo Senado.

Collor, que assume o mandato em 1º de fevereiro, requisitou sua mudança para o 13º andar do Anexo 1. O espaço é maior e mais nobre do que o da ala onde ficaria seu gabinete por determinação da Casa.

No ano passado ele recuperou na Justiça o direito que tem, como ex-presidente, a seis assessores e dois carros com motoristas à sua disposição pelo resto da vida. Collor teve o benefício suspenso em razão de uma ação popular que foi derrubada pelo Tribunal Regional Federal. O ex-presidente sofreu um processo de impeachment e foi afastado do poder no meio do mandato, acusado de corrupção.

1 comentários:

palmeiras disse...

tem que ter todos os seus direitos, afinal foi injustiçado. Os que estão ai botam dinheiro na cueca e continuam no poder.